Maioria dos vereadores vota pela reprovação das contas do exercício 2015, mas o parecer do TCM é mantido

Os Vereadores da Câmara Municipal de Sento-Sé votaram na manhã desta quinta-feira (05.10), o Processo n° 02213e16, das Contas do Poder Executivo, referente ao Exercício Financeiro de 2015. A Sessão Ordinária foi presidida por Julliano Afonso dos Santos Carvalho (PT). Toda bancada da oposição votou por unanimidade pela aprovação das contas, já os outros seis vereadores presentes e o presidente votaram contra aprovação das contas.
Mesmo com esse resultado, o Tribunal de Contas dos Municípios, já havia aprovado as contas com ressalvas no ano de 2015.

“Em respeito ao povo de Sento-Sé, a tudo que vivi nos anos anteriores, votei contra aprovação. Foi aprovado pelo parecer técnico do TCM, mas com ressalvas. Nós vereadores estávamos aqui vivenciando a realidade que o ex gestor nos proporcionou. A fiscalização faz parte do legislativo, mas não tenho dúvida que essas contas deveriam ser revisadas. Fizemos a nossa parte, sete votos, mas não foi suficiente precisávamos ser nove, 2/3 da votação da casa para que as contas não tivessem sido aprovadas”, disse o Julliano Afonso.

Dentre estas foram aprovadas três indicações com 11 votos a favor e nenhum contra, dentre estes duas do Vereador, Paulo Robson de Azevedo Pacheco, que recomenda ao Poder Executivo a indicação nº 55/2017, da construção de um novo cemitério no Distrito de Pirí e a indicação nº 56/2017, para que seja feita a reforma da Praça Central também no Distrito do Pirí. Além da indicação nº 57/2017, do Vereador, José Neto Pereira dos Santos, que solicita ao Poder Executivo que seja feita a ampliação do Açude no povoado Sítio e adjacências.

Aprovação com seis votos a favor e cinco contra do Parecer nº 08/2017, de autoria da Comissão de Finanças, Orçamentos e Contas, referente às Contas do Poder Executivo do Exercício Financeiro de 2015. E o Parecer nº 13/2017, da Comissão de Constituição e Justiça, indicativa às Contas do Poder Executivo do Exercício Financeiro de 2015.

Foram apresentados os três Projetos de Lei em tramitação de autoria do Poder Executivo: o Projeto de Lei nº 373/2017, constitui o Plano Municipal de Cultura de Sento-Sé, o Projeto de Lei nº 374/2017, dispõe sobre a criação da Criação do Sistema Municipal de Cultura e o Fundo Municipal de Cultura e o Projeto de Lei nº 375/2017, que cria o Conselho Municipal de Cultura – CMC.

Está em tramitação o Projeto de Lei nº 372/2017, de autoria do Poder Executivo. O plano é sobre a doação de área para a construção da sede da Associação dos Pequenos Criadores da Fazenda São Pedro e dá outras providências.

Além do Presidente citado acima, também participaram da sessão o vereador, Denis Almeida Ribeiro (PDT), Edio José dos Santos (PSDB), Edilson Sá e Silva (PSD), Francelino Carvalho (PSD), Hailton José Rocha Santana (PSD), José Neto Pereira dos Santos (PSD), Melissa dos Reis Barros Damaceno (PSDB), Paulo Robson de Azevedo Pacheco (PDT), Rodolfo Nélio Ribeiro Café dos Santos (PSDB) e Uemison Almeida dos Santos (PHS). O vereador, José Pereira Ribeiro (PHS), justificou ausência na sessão.

Texto: Tâmara Tárcia
Fotos: Leonardo Costa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *